Anti aging

As pessoas envelhecem cronológica e biologicamente. A idade cronológica mede o tempo desde o nascimento.
Podemos distinguir uma pessoa idosa do jovem. Mas o que falar de uma pessoa que tem 66 anos e aparenta ter somente 45? Isso é, a idade biológica ou idade funcional.
Envelhecemos biologicamente em diferentes razões. As alterações do envelhecimento ocorrem no DNA, nos tecidos, órgãos e nos níveis hormonais.

Envelhecemos, mas podemos e devemos envelhecer tendo como meta a qualidade de vida. A definição de qualidade de vida está diretamente relacionada com o estado de saúde. De acordo com a OMS, a “saúde é o conjunto de uma somatória de fatores físicos, socioeconômicos”. Concluímos, então, que não é possível dissociar saúde de qualidade de vida.

Rejuvenescimento

Com o avanço da idade, é comum o surgimento de marcas e sinais causados pela ação do tempo, da exposição solar e até mesmo do estresse do dia-a-dia. Esses fatores resultam em alterações dos componentes estruturais do rosto, como a flacidez muscular, diminuição do volume (devido a absorção de parte da gordura facial), e também da perda de elasticidade da pele causada pela carência de colágeno. Existem tratamentos e métodos específicos que reposicionam a musculatura e retiram os excessos da pele, realocando-os em sua posição original para um resultado mais saudável e natural.

Cirurgia Plástica

A cirurgia plástica tem por objetivo a reconstituição de uma parte do corpo humano por razões médicas ou estéticas.

A cirurgia plástica reparadora tem como objetivo corrigir lesões deformantes, defeitos congênitos ou adquiridos. É considerada tão necessária quanto qualquer outra intervenção cirúrgica.

A cirurgia plástica estética é aquela realizada pelo paciente com o objetivo de realizar melhoras à sua aparência. A pessoa quando se submete a tal intervenção cirúrgica não a faz com intenção ou propósito de obter alguma melhora em seu estado de saúde, mas sim para melhorar algum aspecto físico que não lhe agrada, ou seja, corrigir uma deformidade que ela adquiriu ao nascimento por exemplo, como uma orelha proeminente ou em abano, outro caso como uma mama flácida que pode lhe dificultar um relacionamento afetivo. Situações que não lhe causam prejuízo da ordem funcional, mas sim de ordem psicológica.